domingo, 2 de setembro de 2007

Buenos Aires ao contrario

O portenho espirrou na minha cara.

- Permiso. - Falou.

Oras, claro que não permito. Fechei o cenho. Ele esticou um lenço de seda.

- Sujo. - Disse.

Queria que eu lavasse ou o quê?

Sorriu.

Hunf, esses argentinos são muito antipáticos.

-------

* o "ao contrario" do título é como os argentinos respondem ao "gracias".

Um comentário:

Poemas & Ventanias disse...

olá...passando aqui pra se fazer lembrada...e pra dizer...que demais sempre seu blog...

Du...Luna...Bianca