domingo, 29 de julho de 2007

A palma da mão branca

A palma clara da mão
faz do homem irmão
e esbofeteia com precisão

Em todos é branca
mas a igualdade manca
falta a unidade franca

Esta branca mão
é paz
ou rendição?

2 comentários:

Jacqueline disse...

Muito bonito o seu poema. Gostei do tema e da maneira de express-a-lo.
Aliás, gosto muito de seu blog!
Abraços.

Jacqueline disse...

Indiquei seu blog pro 5 Estrelas. Passe lá e pegue as regrinhas e o "selo", acho que seu blog merece!
abraços, Jacqueline